DESTINO

LV_Destino_Karol_capa1_20052019
Autora
: Karol Chicoski
N° de páginas: 194

Sinopse: Sophia Lee vive uma vida pacata, sem muitas aventuras. Preocupada com o bem-estar dos seus pais, ela deixa de lado muitas fases da sua vida. Mas o mundo desaba quando ela perde seu pai em um acidente de carro, a mãe de Sophia entra em depressão e tudo parece piorar. Mas ela precisa ser forte para aguentar essa barra. Com vinte e seis anos de idade, Sophia resolve viajar para os Estados Unidos e fazer algo que nunca fez antes: descobrir lugares novos e alegrias diferentes. Durante a viagem, ela conhece os irmãos Samanta e Sam Lopez. Uma aventura divertida e romântica nos parques de Orlando e nas praias de Miami. A vida de Sophia vai mudar completamente, despertando o desejo do amor e a felicidade que antes era adormecida.

Olá, tudo bem? A resenha de hoje é muito especial. Para quem não sabe, no ano de 2015, publiquei ‘Minha Menina’, e é com uma felicidade imensa que eu apresento a você a minha mais nova autoria: Destino.

Bom, vamos lá!

Sophia resolve viajar para respirar novos ares. Com uma vida sem muitas emoções, ela decide que o melhor, já que não tem ninguém para fazer isso com ela, é se aventurar sozinha nos Estados Unidos. Mas, tudo vai mudar quando ela conhece os irmãos: Samanta e Samuel. Com as novas amizades, Sophia vai ter experiências que jamais viveu.

Samuel, com um passado de partir o coração, também vai poder encontrar a felicidade nessa viagem inesquecível. Ao lado de sua irmã, os dias nunca mais serão os mesmos e a vida deles vai mudar completamente.

Com um final de suspirar, ‘Destino’ faz você rir e refletir muito sobre a vida. Dois passados terríveis, duas vidas desconhecidas sem sentido e apenas um amor para mudar tudo.

Apesar de Sophia ser a personagem principal, a Samanta, uma jovem encantadora, é a minha preferida. Ela é animada e faz de tudo para deixar as outras pessoas ao seu redor felizes.

Para quem ficou curioso, o livro já está disponível para venda no site da editora: https://editoramultifoco.com.br/loja/product/destino-2/

Frases do livro:

“Ele largou a minha mão e eu fui. Coloquei o dedo na minha boca para sentir o gosto dos seus lábios. As lágrimas não paravam de cair, meu nariz está vermelho e meu nariz inchado”

Deitei a minha cabeça no seu ombro e ali ficamos, eu e as pessoas mais importantes da minha vida.

Se soubéssemos o quanto é importante cada minuto da nossa vida, cada lembrança, daríamos mais valor a nós, a tudo que temos ao redor, um dia, podemos nunca mais ter. O tempo passa, ­ ficamos velhos e num passe de mágica, deixamos de existir e deixamos tudo para trás.

“Sabe quando você tem um sonho e acredita muito nele? Não desista, continue sonhando, porque um sonho pode sim, ser realizado. Acredite no que você mais deseja, acredite em você!”

c7027349-28ee-458e-9c19-c2028cc49237

b5f548bf-f793-404b-b959-0c8e15d930fd

a4d4a8c2-a0e5-40a8-8b50-0aab9c673614.jpg

NOVEMBRO, 9

129041031_2GGLivro: Novembro, 9
Autora: Collen Hoover
N° de páginas: 351

Sinopse: Uma história de amor inesquecível entre um aspirante a escritor e sua musa improvável, da autora de Hopeless. Fallon conhece Ben, um aspirante a escritor, bem no dia da sua mudança de Los Angeles para Nova York. A química instantânea entre os dois faz com que passem o dia inteiro juntos – a vida atribulada de Fallon se torna uma grande inspiração para o romance que Ben pretende escrever. A mudança de Fallon é inevitável, mas eles prometem se encontrar todo ano, sempre no mesmo dia. Até que Fallon começa a suspeitar que o conto de fadas do qual faz parte pode ser uma fabricação de Ben em nome do enredo perfeito. Será que o relacionamento de Ben com Fallon, e o livro que nasce dele, pode ser considerado uma história de amor mesmo se terminar em corações partidos?

Acho que em apenas uma palavrinha posso definir este livro: Uau! Novembro, 9 entrou na fila dos meus livros preferidos. Pensa em uma leitura viciante, que você quer ler, ler e ler até saber o que vai acontecer no final. Pois bem, foi isso que aconteceu comigo.

Bom, vamos lá. Os dois personagens principais: Fallon e Ben são maravilhosos, cada um com uma história de vida nada fácil. Fallon era uma atriz muito famosa, mas depois de ser vítima de um incêndio, sua vida mudou totalmente. Por causa das cicatrizes que ganhou no incêndio, ela não tinha mais a atenção das pessoas como antigamente e a convivência com seu pai não era nada fácil.

Bem no dia de sua mudança de Los Angeles para Nova York, onde ela iria tentar novamente a vida de atriz, Fallon vai encontrar Ben, um garoto cheio de mistérios, mas com um coração maravilhoso. Diante de uma loucura entre os dois, eles decidem se encontrar todo ano, sempre no mesmo dia, até que ela complete 23 anos.

Por mais que você saiba que os dois vão se encontrar no próximo ano, muitas coisas mudam nesse período. Ben, que pensa em ser um grande escritor, e inclusive está começando a escrever um livro, teve um passado destruidor, e quando ficamos sabendo o que realmente aconteceu, choramos, ahh, sim, choramos mesmo (mas, não vou dar spoilers haha). Durante esse tempo, muitas coisas vão acontecer. Muitas mesmo!

Além dos dois personagens principais, também vamos nos deparar com Amber, melhor amiga de Fallon, e Glenn, o namorado dela, que são geniais.

Apesar de ter lido algumas resenhas falando que não gostaram da história, para mim, pelo menos, a autora me surpreendeu mais uma vez. A escrita é fácil, a história é cativante e te prende de uma forma sem explicação. Obrigada, Collen Hoover, valeu cada segundo de leitura. 😉

Frases do livro: ♥

Quem quer que tenha dito que a verdade machuca estava sendo otimista. A verdade é uma filha da put* que provoca uma dor excruciante.

– Uma das coisas que sempre tento lembrar a mim mesma é que o mundo todo tem cicatrizes, muita gente tem umas piores do que as minhas. A única diferença é que as minhas são visíveis e da maioria das pessoas, não.

Talvez o papo tenha acabado. Ou quem sabe o próprio silencio seja uma pergunta.

E, sim, você tem cicatrizes. Mas quem vê suas cicatrizes antes de ver você, não a merece.

A juventude e a beleza passam. A decência humana, não.

b3906987-5e57-4d59-98a2-c27ddbb84afc

Outras resenhas de Collen Hoover: 

> O LADO FEIO DO AMO 

> CONFESSE

b189dda1-9b85-4199-bbd1-67f83dcd9a19

Você já leu algum livro da autora? O que achou? Deixe sua opinião aqui. 😀 

Antes que eu vá

131951164_1GGLauren Oliver
N° de páginas:
377

Sinopse: Samantha Kingston tem tudo: o namorado mais cobiçado do universo, três amigas fantásticas e todos os privilégios no Thomas Jefferson, o colégio que frequenta – desde a melhor mesa do refeitório à vaga mais bem-posicionada do estacionamento. Aquela sexta-feira, 12 de fevereiro, deveria ser apenas mais um dia de sua vida mágica e perfeita. Em vez disso, acaba sendo o último. Mas ela ganha uma segunda chance. Sete “segundas chances”, na verdade. E, ao reviver aquele dia vezes seguidas, ela desvenda o mistério que envolve sua morte – e, finalmente, descobre o verdadeiro valor de tudo o que está prestes a perder. Em Antes que eu vá, Lauren Oliver expõe as complexas relações que se formam dentro de uma escola, fugindo dos estereótipos habituais. Suas personagens, que inicialmente transparecem simplesmente egoísmo e superficialidade, são densas, guardam segredos e mágoas. Ao tentar mudar os acontecimentos do dia ao qual está presa, sua heroína se humaniza e, pela primeira vez, reflete sobre sua relação com as amigas, com a família, e sobre como seria o “último dia” que gostaria de viver.

Olá, leitores, como estão? Por aqui tudo bem. Bom, a resenha de hoje é sobre o livro ‘Antes que eu vá’, que, particularmente, não me agradou taaanto assim.

Sei que envolve muita coisa, como pensar na pessoa que você é e que poderia ser. Pensar que devemos aproveitar todos os dias como se fossem os últimos. Falar eu te amo para as pessoas mais importantes da nossa vida e não se importar tanto com os outros. Realmente, acho que esses pontos foram os que me deram forças para continuar lendo, porque é repetitivo e começa a cansar. É uma leitura gostosa, mas ao mesmo tempo, você já sabe o que vai acontecer no próximo, no próximo e no próximo capítulo depois do primeiro acidente.

Bom, no ‘Antes que eu vá’, Samantha Kingston, que é a personagem principal, tem uma vida, que até então, era perfeita. Um namorado cobiçado na escola, amigas populares e uma família linda. Porém, depois do ‘primeiro acidente’, ela começa a perceber coisas que são idiotas. A cada novo dia, tentando entender o que tinha acontecido com ela, tudo vai ficando claro, e no final, enfim, ela desvenda o que realmente tinha acontecido naquele 12 de fevereiro, depois do terrível acidente.

Entre vindas e idas, Sam percebe que poderia ter sido uma pessoa muito melhor, mas, será tarde demais.

Sinceramente, estava esperando um final diferente. Aí, quando terminou o livro, apesar da personagem ter desvendado o que tanto queria, fiquei um pouco chateada.

(Logo abaixo tem spoilers. Cuidado)

0bf98116-d277-4ceb-ae4e-4083b423f85e

SPOILERS

Para quem leu o livro, quero compartilhar a minha opinião. No final, juro que esperava algo mais revelador, e não o que já sabíamos desde o começo da leitura. Para ser bem sincera, esperava que ela estivesse numa cama de hospital e logo acordaria, com um pensamento diferente e, depois disso, sua vida seria totalmente diferente (algo como o ‘E se eu ficar’). Por ser tão repetitivo, imaginei que a vida dela poderia mudar de verdade, e não, apenas imaginações. Então, fico me perguntando: do que adiantou mudar o passado se nada mais adianta? Sei lá. Só acho haha.

Algo também que não consegui entender é se a Juliet Sykes morreu ou não. Tipo, se no primeiro acidente tinha uma ‘coisa’ na pista e no final não aconteceu nada com ela, Juliet morreu ou não?

Frases do livro:

E se tudo o que você tivesse fosse um único dia. O que iria fazer? Quem iria beijar? Até onde se atreveria a ir para salvar a própria vida?

E eu me dou conta de que não estou cercada por escuridão, mas só havia estado com os olhos fechados o tempo todo.

Gosto de pensar em como a vida é engraçada, como tanta coisa muda. Como as pessoas mudam.

É incrível que os olhos consigam fazer isso, consigam transformar luz em calor.

Algumas coisas se tornam lindas quando você realmente as vê.

E você? O que achou do livro? 

A Irmã da Pérola

Irmadaperola_CapaWEBN° de páginas: 518
Autora: Lucinda Riley

Sinopse: Ceci D’ Aplièse sempre se sentiu um peixe fora d’água. Após a morte do pai adotivo e o distanciamento de sua adorada irmã Estrela, ela de repente se percebe mais sozinha do que nunca. Depois de abandonar a faculdade, decide deixar sua vida sem sentido em Londres e desvendar o mistério por trás de suas origens. As únicas pistas que tem são uma fotografia em preto e branco e o nome de uma das primeiras exploradoras da Austrália, que viveu no país mais de um século antes. A caminho de Sydney, Ceci faz uma parada no único local em que já se sentiu verdadeiramente em paz consigo mesma: as deslumbrantes praias de Krabi, na Tailândia. Lá, em meio aos mochileiros e aos festejos de fim de ano, conhece o misterioso Ace, um homem tão solitário quanto ela e o primeiro de muitos novos amigos que irão ajudá-la em sua jornada. Ao chegar às escaldantes planícies australianas, algo dentro de Ceci responde à energia do local. À medida que chega mais perto de descobrir a verdade sobre seus antepassados, ela começa a perceber que afinal talvez seja possível encontrar nesse continente desconhecido aquilo que sempre procurou sem sucesso: a sensação de pertencer a algum lugar.

Olá, leitores, estou um pouco sumida daqui, mas o motivo, pelo menos para mim, é bom, ou melhor, ótimo! Terminei de escrever meu segundo livro – minha primeira obra se chama ‘Minha Menina‘ (você pode conferir a resenha aqui) – e, deixei o blog de lado exatamente por isso. Daqui a alguns dias eu posto a resenha do ‘Destino’. Mas, enfim, hoje, para completar todo esse tempo sem escrever por aqui, trouxe a continuação da série ‘As sete irmãs’. Posso dizer que, além de ficar encantada com o desvendar da vida de Ceci D’ Aplièse, aprendi muito sobre a Austrália. Então, vamos mergulhar nesse livro cheio de aventura.

Na ‘Irmã da Pérola’, a personagem consegue desvendar de onde veio através de um livro escrito por um parente e, também, depois de um bom tempo andando por aí, finalmente ela encontra uma pessoa muito especial que vai poder, finalmente, terminar de contar toda a verdade sobre a sua vida.

(Para ler a resenha dos outros três livros clique aqui, aqui aqui – ‘As sete irmãsA irmã da tempestade’ e ‘A Irmã da Sombra’

Eu, particularmente, amo ler as histórias da Lucinda Riley, pois viajamos ao passado de uma forma incrível, não querendo parar.

A personagem principal, que é uma das sete irmãs, a Celeno, ou Ceci, como é conhecida, vai atrás de pistas para saber sobre sua família biológica e de onde veio. Com uma carta e uma foto, Ceci vai parar na Austrália em uma aventura cheia de descobertas. No meio do caminho, ela vai encontrar uma pessoa que vai viver uma grande aventura, mas, quando tudo parecia estar perfeito, acontece algo e ela se vê sozinha novamente. Com dificuldade, já que ela sempre teve a sua irmã Estrela (terceiro livro da série) por perto, ela vai ultrapassar barreiras e mostrar que é possível mostrar quem ela realmente é.

Com dislexia, Ceci tem ainda mais dificuldade no caminho para encontrar sua verdadeira história, mas, mesmo assim, ela se joga nessa aventura para desvendar tudo o que pode.

Assim como nos outros livros, nós viajamos no presente e no passado. Uma das personagens que eu fiquei apaixonada foi a Kitty. No meio do caminho, acontecem coisas que eu realmente fiquei chateada e gostaria que tudo fosse diferente, porém, a escritora adora um drama (hahaha).

Enfim, o livro é lindo, vale cada segundo de leitura.

Frases do livro

“O amor é a emoção mais egoísta e altruísta do mundo, e suas duas facetas não podem ser separadas. A necessidade em si luta com o desejo de a pessoa querida ser feliz. Só que o amor não é algo a ser racionalizado e nenhum ser humano escapa de seu controle, acredite.”

‘Todo mundo comete erros, faz parte da curva de aprendizado humano, desde que você aprenda mesmo com eles.”

Pela graça de Deus… – Sou o que sou – sussurrei.

DSCN9773

Ainda sou eu

132906525SZAutora: Jojo Moyes
N° de páginas: 398

Sinopse: Sequência dos romances Como eu era antes de você e Depois de você, que arrebataram o coração de milhares de fãs, Ainda sou eu conta, pela perspectiva delicada e bem-humorada de Lou Clark, uma história comovente sobre escolhas, lealdade e esperança. Lou Clark chega em Nova York pronta para recomeçar a vida, confiante de que pode abraçar novas aventuras e manter seu relacionamento a distância. Ela é jogada no mundo dos super-ricos Gopnik – Leonard e a esposa bem mais nova, e um sem-fim de empregados e puxa-sacos. Lou está determinada a extrair o máximo dessa experiência, por isso se lança no trabalho e, antes que perceba, está inserida na alta sociedade nova-iorquina, onde conhece Joshua Ryan, um homem que traz consigo um sopro do passado de Lou. Enquanto tenta manter os dois lados de seu mundo unidos, ela tem que guardar segredos que não são seus e que podem mudar totalmente sua vida. E, quando a situação atinge um ponto crítico, ela precisa se perguntar: Quem é Louisa Clark? E como é possível reconciliar um coração dividido?

Olá, leitores amados, como estão? Estive um bom tempo afastada do blog porque estava terminando de escrever minha segunda obra (para quem não sabe, o nome do meu livro é Minha menina). Então, dedicada 100% a ele, deixei de lado um dos meus mais prazerosos momentos, que é escrever aqui. Mas, agora estou de volta, e, logo logo, farei o lançamento do livro ‘Destino’. Se alguém tiver alguma dúvida é só pedir.

Bom, mas vamos lá!

A resenha de hoje é a continuação da vida da Louisa Clark – aquela que viu o amor da sua vida, o Will Traynor, morrer, na linda e envolvente história ‘Como eu era antes de você‘. Como sempre, a autora Jojo Moyes deixa a personagem Louisa Clark com um figurino um tanto quanto diferente, com humor encantador e uma força de vontade imensa.

Depois de deixar  a família e o namorado para ir morar em Nova York para ser auxiliar (como agenda e acompanhar em eventos) de uma mulher, esposa de um homem muito rico da cidade, com determinação, Lou se prepara para uma grande jornada. No decorrer das semanas no seu novo emprego, ela começa a conhecer quem realmente é a senhorita Gopnik, e isso vai mudar sua vida – em certo momento para pior, mas depois, para melhor.

Nesse caminho de reviravoltas, Lou conhece Joshua Ryan, que é parecido com seu inesquecível Sam. Com alguns acontecimentos – alguns nada bons -, ela realmente percebe quem quer se de verdade.

‘Ainda sou eu’ é incrível, a história prende você. Você vai rir sozinho (vai, certeza) e vai se apaixonar, novamente, pela esforçada Louisa Clark.

Veja abaixo mais livros da Jojo Moyes que eu li e amei!

Como eu era antes de você  – Depois de Você – A última carta de amor – Em Busca de Abrigo e A garota que você deixou para trás

6a81d9e4-c46a-4f98-b165-bc0d02f4419f

Frases do livro:

E não esqueça de dirigir na esquerda! E não use o casaco que fede a bacalhau!

Dada a elegância da ocasião e a natureza espetacular do cenário, eu realmente deveria ter me divertido nas duas horas seguintes. Afinal, havia dito sim a uma nova experiência.

Meena riu e estendeu a mão, gesticulando com impaciência. Hesitei só por um segundo, então peguei as cartas com cuidado na bolsa. 

Dois a Dois

131859181_1GG

Autor: Nicholas Sparks
N° de páginas: 501

Com uma carreira bem-sucedida, uma linda esposa e uma adorável filha de 6 anos, Russell Green tem uma vida de dar inveja. Ele está tão certo de que essa paz reinará para sempre que não percebe quando a situação começa a sair dos trilhos. Em questão de meses, Russ perde o emprego e a confiança da esposa, que se afasta dele e se vê obrigada a voltar a trabalhar. Precisando lutar para se adaptar a uma nova realidade, ele se desdobra para cuidar da filhinha, London, e começa a reinventar a vida profissional e afetiva e a se abrir para antigas e novas emoções. Lançando-se nesse universo desconhecido, Russ embarca com London numa jornada ao mesmo tempo assustadora e gratificante, que testará suas habilidades e seu equilíbrio emocional além do que ele poderia ter imaginado. Em Dois a dois, Nicholas Sparks conta a história de um homem que precisa se redescobrir e buscar qualidades que nem desconfiava possuir para lutar pelo que é mais importante na vida: aqueles que amamos.

Incrivelmente maravilhoso. Não é estranho falar essas palavras quando nos deparamos com histórias do Nicholas Sparks. Mas Dois a Dois é lindo, envolvente, apaixonante e, o melhor, é realista, nos fazendo perceber que nem tudo na vida é perfeito, nem tudo é como queremos, por mais que nos esforçamos, e nem sempre, tudo termina com um final feliz.

A história é diferente das contadas pelo autor. Nada de uma viagem no mundo do romance entre homem e mulher, mas sim, de um pai com uma filha. Claro que tem relacionamento de casal na história, porém, o foco principal é de um homem – pai e marido, fazendo de tudo para dar certo. Mas nem sempre as coisas saem como o planejado. E foi isso que prendeu a minha leitura. Realmente, vale a pena, mais uma vez, poder viajar nas histórias do Nicholas. 2bc6dbb6-9441-4b5e-a208-f6ac0faecec9

No decorrer das páginas nos deparamos com o esforçado Russ. Com um trabalho estressante e acima de tudo chato, ele decide que a melhor solução é abrir o próprio negócio. Porém, as coisas vão ficando mais difíceis porque não é fácil ganhar cliente da noite para o dia, por isso, sua esposa, que até então ficava em casa cuidando da filha, começa a trabalhar fora, e isso começa a mudar completamente a vida dois dois. Russ passa a ficar responsável pela casa, lavando louças, limpando, fazendo comida, levando a filha às aulas, enfim, todos os afazeres que uma mulher tem no dia a dia. Com o tempo, Russ percebe que a esposa está distante, e semanas depois, descobre o motivo.

Tudo na vida dele pareceu desabar. Ele não entendia o que havia feito de errado para que a esposa tomasse essa decisão. Nesse tempo, ele se vê sobrecarregado ainda mais. Enquanto a mulher se mudou para outra cidade, ele ficou com a filha, a London, seu bem mais preciso, e começou a se adaptar a uma rotina totalmente diferente, mas que jamais trocaria, já que estava ao lado de sua filhinha.

Além de Russ, personagens como sua irmã Marge e uma antiga namorada, a Emily, são destaques. Bom, o final é emocionante, no mínimo, você vai ficar com o coração apertado.

Sabe, Dois a Dois é um livro que deveria ser lido por muitos homens. Na nossa realidade, é muito difícil (na verdade nunca vi) ver homens sendo como o Russ. É complicado, mas não é impossível.

O livro é lindo e vale cada minuto de leitura.

Frases do livro:

É esse meu segredo. Ou melhor, nosso segredo, e acho que eu tive sorte, pois ninguém deveria ser obrigado a atravessar a vida sozinho.

Meu amor por London jamais estivera em questão. O que eu agora compreendia era que também gostava dela, não só como minha filha, mas como a menina que só pouco tempo antes passara a conhecer.

Quantas pessoas têm a sorte de se casar com o melhor amigo?

DSCN9576

 

Um mais um

132516244SZN° de páginas: 319
Autora: Jojo Moyes

Sinopse: As coisas andam ruins para Jess Thomas. Muito ruins. O marido se mandou. Ela tenta sustentar os dois filhos trabalhando em dois empregos. Sempre foi otimista. Sempre fez tudo certo. Como seria se, só uma vez, ela fizesse algo definitivamente errado, mas que poderia fazer toda a diferença para eles? Ed Nicholls é um milionário do ramo da tecnologia cuja vida está desmoronando quando ele se depara com Jess e a família na beira da estrada. Em um ato de generosidade (talvez o primeiro de sua vida), ele concorda em lhes dar a carona que poderá mudar para sempre a história de Jess. Tem início então uma viagem engraçada e romântica, repleta de enjoos, comida ruim e engarrafamentos. Em Um mais um os opostos se atraem e duas pessoas ferozmente independentes aprendem que é possível encontrar o amor nos lugares mais improváveis. Jojo Moyes mostra seu melhor nesse livro envolvente e emocionante, relançado agora pela Intrínseca com capa inspirada na identidade visual de todas as obras de sucesso da autora. 

Jojo Moyes. Quando nos deparamos com o nome da escritora temos a certeza que que uma história incrível está por vir, e, ‘Um mais um’, não é diferente. O livro é simplesmente cativante, com personagens extraordinários. O melhor, eles fazem a gente dar risada, mesmo em uma situação difícil. Fiquei apaixonada pela história, acredito que você também irá gostar. 😉

Bom, ‘Um mais um‘ conta a história da esforçada Jess Thomas, que tem uma filha, a Tanzie, e um filho, o Nick, não por parte de sangue, mas que é fruto de um relacionamento do ex-marido dela. Jess é uma mulher guerreira e faz de tudo para dar aos filhos o que comer e vestir, porém, a dificuldade financeira é muita. Mas, tudo começa a mudar quando ela conhece o dono da casa que ela faz faxina, o Ed, que também tem vários problemas com o emprego dele, que a qualquer momento poderá ser preso. DSCN9367

Certo dia, Tanzie, a filha de Jess, que é muito, mas MUITO boa em matemática, precisa ir para outra cidade fazer uma prova, e quem conseguir uma boa nota vai receber um prêmio, que é em dinheiro, o que iria ajudar bastante a vida difícil da família Thomas. Porém, é aí que surge o problema. Ir de ônibus seria muito caro, e Jess não teria dinheiro suficiente, e a última alternativa seria o carro velho, com seguro vencido. Mas, sem nem mesmo sair da cidade, acontece um probleminha, e é aí que aparece o Ed e oferece carona para os três. Então, começa uma viagem engraçada e romântica, repleta de enjoos, comida ruim e engarrafamentos.

Simplesmente ameiii. Um mais um mostra que nem sempre podemos ter o que queremos, nem sempre as coisas saem do nosso jeito e nem sempre nos orgulhamos de fazer escolhas erradas, mas, que podemos nos arrepender e tentar mudar para melhor.

Outros livros da Jojo: Como eu era antes de você – Depois de você – A última carta de amor – A garota que você deixou para trás – Em Busca de Abrigo

Frases do livro

Quanto mais se faz, mais perto se chega. Ou, como explico para minha mãe, às vezes, basicamente, só precisamos insistir.

Jess sentia uma certeza silenciosa de que tudo daria certo. Não que Ed fosse fazer tudo dar certo, pois ele tinha os próprios problemas para lidar, mas, de algum modo, a soma dos dois resultaria em algo melhor. Eles fariam tudo dar certo.

Não podia acreditar que perder alguém que conhecia há tão pouco tempo pudesse ser como perder uma parte de si mesma, que isso pudesse fazer a comida ter um gosto estranho e as cores parecerem sem graça.” 

Às vezes, dizia a si mesma, a vida era uma série de obstáculos que tinham de ser contornados possivelmente por um mero ato de vontade.

DSCN9360